Monthly Archives - dezembro 2020

OTITE EXTERNA

A otite externa é a infecção da pele e subcutâneo que reveste o canal auditivo externo do ouvido provocado por bactérias ou fungos, não acometendo a orelha média nem a membrana timpânica. Na maior parte das vezes, esses micro-organismos penetram através de lesões na pele que recobre a orelha externa provocadas por objetos como cotonetes e grampos, por atritos ao coçar ou secar o ouvido e pelo contato com água contaminada.

Sintomas:
É caracterizado por intensa dor contínua que irradia para pescoço e mandíbula, causa coceira e saída de secreção. Em casos mais graves a dor aumenta intensamente com inchaço e com o movimento de cabeça. A capacidade auditiva diminui e nessa situação é extremamente importante visitar o otorrinolaringologista.

Tratamentos e cuidados:
O tratamento consiste com o uso de antibióticos tópicos (gotas otologicas) associado a analgesicos e anti inflamatórios. Em alguns casos em que ocorre oclusão total do canal é necessário o uso de curativo no ouvido.
Alguns pacientes podem apresentar quadros de repetição quando possuem descamação da pele (eczema). No caso de diabéticos, devem redobrar o cuidado pois podem evoluir para forma mais grave da doença com baixas possibilidades de cura. Fique atento pois é no verão em que essa infecção ocorre com mais frequência devido a umidade e uso de piscinas.
A infecção de ouvido deve ser tratada com os remédios indicados pelo médico otorrino e a cura chega em aproximadamente 10 dias de tratamento.
Evite o uso de cotonetes para que não empurre a cera do ouvido para dentro do canal, não faça uso de objetos que podem ferir o canal auditivo, utilize protetores sempre que for nadar, seque com cuidado o ouvido e use uma toalha de tecido leve.
Quaisquer sintomas procure o otorrinolaringologista para que ele possa te indicar o melhor tratamento, para o problema não persistir e não se agravar. Nunca se automedique.

Read more...
Abrir Chat